Orgasmo Feminino: 6 maneiras de chegar ao prazer

O orgasmo feminino é um dos temas mais complexos que existe. Isso é constatado justamente porque ele envolve uma soma de fatores diferentes, como a posição sexual, sintonia do casal é até mesmo o clima.

Muitas pesquisas, inclusive, permitem expor esse assunto e toda a sua complexidade. Um bom exemplo é um estudo feito pela federação americana Planned Parenthod, que permite afirmar que uma em cada três mulheres tendem a apresentar dificuldades em conseguir atingir o clímax. Em muitos casos, muitas nem mesmo conseguem gozar com seus parceiros.

Além disso, é importante reforçar que o orgasmo feminino durante o ato sexual é resultado da interação existente entre o casal, ou seja, ele não é apenas uma responsabilidade da mulher. Por outro lado, existem técnicas eficientes que podem contribuir para elevar o prazer e conduzir uma vida sexual mais satisfatória.

O que é orgasmo feminino?

Antes de saber as maneiras de atingir o orgasmo feminino, é fundamental entender melhor seu significado. Em linhas gerais, o orgasmo consiste em uma sensação de cunho cerebral que pode ser desencadeado pelo estímulo ao clitóris.

O clitóris refere-se a um órgão que tem como função central proporcionar prazer sexual. Nesse caso, quando uma mulher recebe estímulos nessa região uma mensagem é enviada ao cérebro – que é justamente onde o orgasmo se desenvolve.

Como é o orgasmo feminino?

O momento do orgasmo tende a durar somente alguns segundos, mas esse é o tempo suficiente para que ocorra uma contração no útero. Vale lembrar que antes mesmo do orgasmo, a mulher é submetida a uma tensão muscular em todo o corpo. Após o momento do clímax, ocorre um profundo relaxamento da musculatura corporal.

Dor na relação

O clitóris é o grande protagonista do orgasmo, porém é interessante citar os locais do corpo que proporcionam tanto prazer que podemos até dizer que são também responsáveis pelo orgasmo, essas regiões do corpo é o que chamamos de zonas erógenas.

Dicas para atingir o orgasmo

Como já mencionado, algumas dicas podem contribuir para o orgasmo feminino. É importante se atentar que o autoconhecimento, e a quebra de tabus são combustíveis importantes para obter maior prazer durante a relação sexual.

Conhecer o próprio corpo

Não existe receita mágica para atingir o orgasmo feminino, mas sim, entrega e autoconhecimento. E, quando se fala em autoconhecimento, isso quer dizer conhecer o próprio corpo. Por esse motivo, é importante explorar as áreas que lhe despertam mais prazer e até mesmo saber orientar a outra pessoa sobre elas.

Além disso, muitas mulheres simplesmente não se tocam ou se conhecem de maneira real. Nesse caso, até mesmo vale o teste de usar um espelho para estabelecer uma relação íntima consigo!

Explorar a sua sexualidade

Assim que você conhece e ainda entende seu corpo pode começar a descobrir mais sobre si. O toque, nesse caso, é um caminho primordial, principalmente para explorar zonas erógenas que lhe ajudem a ter sensação de prazer.

Quando você entende isso por conta própria, será capaz também de realizar uma troca com a outra pessoa e, em conjunto, encontrar um caminho para o clímax.

Masturbação

Seja sozinha ou durante o ato sexual, a masturbação não apenas pode ser divertida para o casal, como também contribuir para novas descobertas. O mesmo vale em masturbar-se mutuamente.

Sexo oral

O sexo oral permite estabelecer um contato direto com a parte externa e também mais sensível do clitóris. O contato, olhar e o toque ajudam a compor todo o contexto, o que irá facilitar bastante a chegada do clímax.

Brinquedos eróticos

Os brinquedos eróticos também podem ser grandes aliados para atingir o orgasmo feminino. Nesse caso, lubrificantes, vibradores e até mesmo lingeries podem não apenas apimentar a relação sexual como também contribuir para que o prazer chegue mais rapidamente e de forma mais intensa.

Posições sexuais

A posição sexual é sempre algo muito particular. Isso porque, cada mulher pode ter uma posição sexual que mais lhe agrade. Além disso, essa predileção pode até mesmo ter relação com os traços de personalidade.

Orgasmo Feminino

Por isso, não é correto dizer que uma ou outra posição sexual é mais promissora do que outra  para atingir o orgasmo feminino. Ou seja, isso pode variar de cada mulher.

Entretanto, algumas posições acabam se destacando por serem mais escolhidas por diferentes grupos de mulheres, como:

  • A mulher por cima: essa posição permite um contato direto do clitóris com o corpo do parceiro ou parceira, o que permite um orgasmo mais intenso. Além disso, a sensação de dominar a situação pode elevar a excitação;
  • Papai e mamãe: Essa posição permite um maior contato visual entre o casal, bem como um contato corporal, o que ajuda a fomentar ainda mais o prazer;
  • Posição de quatro: nessa posição a mulher pode receber estímulos no clitóris enquanto é penetrada (por ela mesmo ou pelo parceiro), o que eleva a intensidade do orgasmo;
  • Conchinha: da mesma maneira que a posição papai e mamãe, a “conchinha” garante um contato corporal. Além disso, é possível estimular o clitóris durante a penetração.

Independente saber como se dá o orgasmo feminino, o mais importante é entender o que lhe desperta prazer. O sexo é algo que faz parte da nossa realidade e, ele precisa ser visto como algo que proporciona felicidade, bem-estar, entrega e também amor. Por isso, dedicar esforços para buscar esse autoconhecimento é a melhor maneira de elevar o prazer pessoal como também da relação como um todo.

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Post relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá! Posso ajudar?