Transtornos Sexuais

Os transtornos sexuais são um tema repleto de dúvidas e incertezas. Isso fica ainda mais evidente quando tentamos compreender melhor acerca do papel da terapia sexual.

De maneira geral, os transtornos sexuais são caracterizados por algumas disfuncionalidade no Ciclo de resposta Sexual, que é composto por 4 fases, o Desejo, a Excitação, o Orgasmo e Resolução.

Ou seja, quando essa atividade sexual não funciona muito bem. Tal conceito é definido levando em conta determinadas queixas, principalmente quando uma pessoa manifesta insatisfações. E, isso pode afetar drasticamente a saúde sexual de homens e mulheres.

Os transtornos sexuais são diversificados

Primeiramente, é importante lembrar que os transtornos sexuais são um fator absolutamente humano e diversificado. Eles ainda podem ser carregados por uma soma de fatores diferentes – bio-psico-sociais.

E, o que isso quer dizer? De maneira geral, isso se refere ao ponto de que todos nós estamos não somente cercados como também marcados por diferentes questões, como:

  • Relacionamentos;
  • Cultura;
  • Hereditariedade;
  • Entre outros.

Diante disso, os transtornos sexuais, podem ser caracterizados por alguns anseios, comportamentos sexuais e até mesmo fantasias.

Além disso, eles podem se manifestar tanto de maneira intensa como também recorrente. Outro ponto relevante é que eles podem envolver situações incomuns, atividades ou até mesmo objetos. Como resultados, tais transtornos podem acarretar sofrimento ou até mesmo um algum tipo de prejuízo social ou ocupacional.

Portanto, podemos afirmar que os transtornos sexuais afetam substancialmente a qualidade da vida sexual, podendo ser tanto de origem biológica como também psicológica.

O que são as disfunções sexuais e como a terapia pode ajudar?

A incidência de problemas de caráter sexual é um problema mundial, sabia? Aliás, é uma questão muito maior do que muitos possam imaginar no final das contas.

E, isso se justifica por uma série de motivos, como a nossa vida sempre intensamente agitada e até mesmo muito estresse.

Por isso, poucas pessoas podem ser de fato capazes de perceber que alguns de seus hábitos individuais e psicológicos podem causar interferências em sua vida sexual.

Mas, para quem lida com eventuais distúrbios dessa natureza, é importante entender o que é terapia sexual! – A terapia sexual pode ser o melhor caminho para obter a solução do problema. Aliás, a terapia sexual pode ser o caminho mais eficiente do que o uso de medicações.

O papel da terapia sexual para lidar com distúrbios sexuais

Quando um dos transtornos sexuais é devidamente diagnosticado por um profissional da saúde (saúde sexual), uma série de dúvidas e conflitos também surgem. Mas, um tratamento indicado até mesmo para lidar com isso é a terapia!

Transtornos-sexuais

A terapia sexual tem como papel central ajudar a promover a identificação sobre um determinado problema psicológico – e se ele está de fato interferindo na capacidade sexual do paciente.

Além disso, a terapia poderá ser uma aliada para estimular um maior autoconhecimento, derrubar determinados tabus e crenças pessoais e até mesmo lidar com restrições que tenham sido causadas por conta desses fatores.

Como resultado, a terapia poderá ajudar a fortalecer uma melhor autoestima, o que é vital para pessoas que estejam lidando com esse problema.

Conhecendo melhor os principais transtornos sexuais

Para entender tudo que abordamos até aqui acerca dos transtornos sexuais, é importante saber quais são as disfunções mais comuns em homens e mulheres.

Confira abaixo as disfunções sexuais masculinas:

  • Perturbação do desejo sexual;
  • Disfunção erétil;
  • Ejaculação Precoce, Ejaculação Retardada ou Ejaculação Retrógrada;
  • Inibição do orgasmo;
  • Dispareunia (dores genitais antes, durante ou depois da relação sexual).

Confira agora as disfunções sexuais femininas:

  • Diminuição ou ausência de desejo sexual;
  • Aversão sexual;
  • Dificuldade em manter ou obter excitação sexual;
  • Perturbação do orgasmo;
  • Dispareunia (dores persistentes na região genital ou pélvica durante a relação sexual);
  • Vaginismo (dificuldades para tolerar a penetração por conta de contrações involuntárias dos músculos períneos).

A terapia sexual e a hipnose clínica

Uma das vertentes que podem ser adotadas na terapia sexual online para lidar com os transtornos sexuais é a hipnose clínica!

Fatores como ausência de libido, por exemplo, podem ajudar o paciente a entrar em um estado de relaxamento mais profundo. Para tanto, são usadas técnicas absolutamente seguras e, acima de tudo, pontuais.

Quando o paciente entra no chamado ‘estado de transe’, ele se mantém consciente, mas com a mente mais aberta e livre para afastar eventuais tabus, preconceitos e evoluir dentro da terapia sexual online.

No exemplo da ausência de libido, no decorrer da terapia são levados em conta eventuais motivos que possam levar o paciente a apresentar problemas de caráter sexual.

Nesse caso, são trabalhadas questões como autoestima, problemas associados à ereção, depressão, estresse, traumas, fatores emocionais, entre outros.

Em apenas poucas sessões torna-se possível reverter o problema e ajudar o paciente a desenvolver, portanto, mais prazer em sua vida sexual.

Mas, é importante destacar que se os transtornos sexuais foram de caráter patológicos, o mais indicado é buscar por um especialista – e, seguir adiante com a terapia paralelamente!

A saúde sexual é importante para uma vida mais feliz e com bem-estar – e a terapia sexual online é fundamental!

Não existe nenhuma justificativa para ignorar os efeitos positivos que uma terapia sexual online pode proporcionar. Pessoas que apresentem qualquer tipo de problema em sua vida sexual podem e devem buscar ajuda profissional.

Afinal, muitos de nossos  problemas psicológicos podem afetar diretamente não somente o desejo, mas, também a capacidade de conseguirmos nos relacionar com outras pessoas – e isso tanto sexualmente como emocionalmente.

Por isso, dedicar cuidados à mente é um passo crucial para quem almeja ter uma vida livre de transtornos sexuais que afetem drasticamente sua sexualidade.

Além disso, a terapia sexual online é um dos processos de atendimento mais promissores nos duas atuais. Isso agrega mais conforto, bem-estar e facilidade para muitos pacientes que não tenham acesso facilitado a esse tipo de atendimento.

A terapia sexual online pode ser feita da sua casa, com hora e dia agendados, de maneira a permitir mais flexibilidade! Muitos pacientes também se sentem mais à vontade de lidar com seus transtornos sexuais nesse tipo de atendimento!

Veja também: Sexóloga Online: Conheça esse método de terapia sexual

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Post relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá! Posso ajudar?